Follow by Email

Total de visualizações de página

segunda-feira, 28 de março de 2011

CORAÇÃO AGALOPADO


CORAÇÃO AGALOPADO

(Victor "Lobisomem")




Sinto dentro do peito uma paixão

que eu tento domar mas não consigo

ela faz o que bem quiser comigo

me botando a galope o coração

eu pareço montar um alazão

indomável, selvagem e bravio

disparado, sem rédeas, bem vadio

galopando por várias direções

eu procuro amansar as emoções

esse é o meu grande desafio



A paixão é um cavalo indomado

que até o cavaleiro experiente

cangaceiro ou vaqueiro mais valente

quando numa paixão está montado

sente o coração agalopado

parecendo até um iniciante

aboiando e tocando seu berrante

certas vezes caindo do cavalo

empolgado não consegue domá-lo

e na poeira tomba ofegante



Mas se o vaqueiro é bom ele levanta

ajeita o gibão e o chapéu

novamente ele monta em seu corcel

com firmeza e fé na Virgem Santa

um aboio bem bonito ele canta

pra curar as feridas e a dor

e o selvagem, chucro galopador

entra na rédea curta do vaqueiro

pois cavalo domado é companheiro

e paixão bem domada vira amor.

Um comentário:

  1. Parabéns, Poeta!
    Admiro sua poesia e tornei-me agora sua seguidora para saber de suas novidades poéticas.

    Um terno abraço amazônico parauara

    ResponderExcluir